Parada cardiorrespiratória

A parada cardiorrespiratória é a cessação dos batimentos cardíacos. A função principal do coração é bombear sangue para as artérias, assim elas podem levar oxigênio e nutrientes aos tecidos. A principal causa da parada cardiorrespiratória é o ataque cardíaco. Existem causas extra-cardíacas da parada cardiorrespiratória como a hipóxia no afogamento ou o choque hemorrágico.

O mecanismo do corpo que acontece mais frequentemente no momento da parada cardiorrespiratória, após o infarto, é uma arritmia grave chamada de fibrilação ventricular. Esta arritmia ocorre como consequência da falta súbita de oxigênio causada pela obstrução da artéria coronária. A fibrilação ventricular provoca um caos na atividade elétrica do coração, o qual torna-se mecanicamente ineficiente, e então ele bombeia pouco ou nada de sangue.

Sinais de alerta



img-responsive

Na parada cardiorrespiratória, a pessoa desmaia, perde os sentidos, deixa de responder, e de respirar normalmente, e perde o pulso.


O que fazer?



A morte cerebral ou morte clínica acontece nos 4 ou 6 minutos após a parada cardiorrespiratória. É por isso que diante os sinais de alerta, se uma pessoa desmaiar, você deve primeiramente chamar o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) que no Brasil é o número 192 (em alguns países é o 911). Se você tiver o treino adequado, faça a Ressuscitação Cardiopulmonar (RCP) na pessoa. Estima-se que a cada minuto que a pessoa afetada passa sem o RCP, ela perde um 10% de chance de sobreviver, e após 5 minutos a probabilidade de sobreviver diminui consideravelmente. O RCP pode significar a diferença entre a vida e a morte de uma pessoa. Por isso é muito recomendável tomar um curso básico de RCP. Há vários cursos para principiantes (pessoal não médico) e para pessoal médico especialista.


Bem-vindo

Cadastre-se agora | Esqueceu sua senha?

Ha olvidado la contraseña

Indique su nombre de usuario o dirección de correo electrónico. Recibirá un link por correo electrónico para crear una nueva contraseña.

Assine a Newsletter


E-mail